domingo, 27 de julho de 2014

No tabuleiro


Posso ser peça, posso ser xadrez. Posso ser indivíduo, posso ser o meio!
Posso ser sentimento, posso ser breu.
Abismo.
Posso ser mistura, emoções recortadas, retalhadas, trituradas. Uma só sou, muitas posso ser. Posso ser o trânsito, posso ser o mar. 
Sou psicóloga, terapeuta de mim. Trato das dores que a vida causa. Os baques. No meio, no Eu em si.
Peça, xadrez, coração, caos e calmaria. Que sou, que seria e que serei.

Sou peça
Sou xadrez
Sou coração
Sou só retalhos
Sou o caos de São Paulo
Sou minha própria terapia
Seria?

Nenhum comentário: